Notícias

Consórcio Conectar é tema de debate sobre inovação na saúde promovido pela Universidade Federal Fluminense  

Aula pública do mestrado de Saúde Coletiva da UFF vai abordar impactos da criação do Consórcio na gestão do Sistema Único de Saúde

O Consórcio Conectar, mobilização inédita liderada pela Frente Nacional de Prefeitos, será tema do painel “Inovações institucionais para o SUS”, evento virtual promovido pela Universidade Federal Fluminense (UFF). A aula pública será transmitida nesta sexta-feira (23), às 10h, pelo canal da Uniteve UFF no Youtube e contará com apresentação do secretário executivo do Conectar, Marcelo Cabral.

Promovido pela disciplina de “Planejamento e Gestão em Saúde” do Mestrado em Saúde Coletiva da UFF, o encontro debate o esforço coordenado dos mais de 2.500 municípios consorciados para a atuação integrada na gestão da rede de atenção à saúde. A iniciativa propõe como uma das estratégias a compra compartilhada de imunizantes, medicamentos, insumos médico-hospitalares e serviços, gerando economia significativa de recursos e combatendo a escassez de itens essenciais.

"É gratificante perceber que o ambiente acadêmico já acompanha a trajetória do Consórcio, estruturado há pouco mais de três meses. Queremos contribuir de forma ativa no debate público sobre como modernizar e garantir o funcionamento eficiente das redes públicas de saúde", explica Marcelo Cabral, secretário executivo do Consórcio Conectar.

A abertura do evento será realizada pelo professor Antonio Claudio de Lucas da Nóbrega, reitor da Universidade Federal Fluminense, e pela professora Mônica de Rezende, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva – PPGSC da UFF. O professor Fabiano Tonato, um dos organizadores do painel, explica que “o Consórcio Conectar é uma inovação no Pacto Federativo para a gestão do SUS”. “Queremos com a atividade explorar os desafios que decorrem desse novo arranjo representado pelo Conectar”, completa.

Participam também como debatedores do painel o médico Arruda Bastos, responsável pela implantação do Consórcio Público de Saúde do Ceará e hoje secretário adjunto da saúde do município de Itapipoca- CE, e o médico Roberto Bittencourt, professor da Universidade Católica de Brasília e especialista em planejamento e gestão de saúde. Ambos são especialistas renomados com passagem por cargos públicos de gestão na área de saúde.

Acompanhe a aula pública ao vivo pelo canal: www.youtube.com/uniteveuff

58 municípios consorciados ao CONECTAR são reconhecidos em prêmio da OPAS e Ministério da Saúde

 Ação identificou práticas da Atenção Primária em Saúde no enfrentamento à Covid-19 com potencial de serem replicadas 

A iniciativa “APS Forte no SUS – no combate à pandemia de COVID-19”, promovida pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no Brasil e pelo Ministério da Saúde, irá reconhecer o trabalho de municípios no enfrentamento da pandemia no âmbito da Atenção Primária em Saúde. A cerimônia virtual será transmitida nesta sexta-feira, 16/07, às 9h30. Das 263 experiências selecionadas pela premiação, 58 são de trabalhos desenvolvidos por equipes de municípios consorciados ao Conectar.
Confira aqui todas as experiências selecionadas.

A cerimônia conta com a participação da representante da OPAS-OMS no Brasil, Socorro Gross,  dentre outras autoridades. Serão reconhecidas publicamente 19 experiências selecionadas pela excelência do trabalho desenvolvido, buscando dar visibilidade e promover o intercâmbio de práticas no enfrentamento da covid-19. 

O prêmio que está em sua segunda edição, foi lançado no mês de maio de 2021 e contou com 1471 trabalhos participantes. Na cerimônia também será lançado um e-book com o registro das práticas selecionadas, por meio de depoimentos em vídeo e fotografias dos autores e usuários envolvidos.

A transmissão será no canal do youtube da SAPS/MS e canal do Portal Inovação em Saúde.
Confira a programação completa.

 

apsforte

Diretrizes para prevenção da COVID-19 são atualizadas e reforçadas em nova campanha nacional

Com apoio da FNP e Consórcio Conectar, Observatório COVID-19 BR e Anesp lançam campanha de comunicação baseada no uso correto de máscara, distanciamento e ventilação de ambientes

Com a evolução da pandemia e novas descobertas científicas, o Observatório COVID-19 BR e a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp) apresentaram, nesta sexta-feira, 2, novas diretrizes para o enfrentamento ao coronavírus. Apoiada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e embasada cientificamente pelo tripé da ventilação, uso de máscaras e distanciamento físico, a campanha #InformarPrevenirSalvar, tem o objetivo central de disseminar informações para a população.

Para a prefeita de Palmas/TO, Cinthia Ribeiro, vice-presidente de Relações Institucionais da FNP, após 15 meses de pandemia decretada no Brasil, o cenário está bem diferente do que foi apresentado em 2020. A governante afirma que ao longo do último ano, experiências de outros países demonstraram que “o comando do governo central faz grande diferença”. “As diretrizes estão muito soltas por parte do próprio órgão regulador, o Ministério da Saúde”, disse.

Diante disso, ela destacou a importância da campanha, por oferecer, dados científicos, respaldados por organismos e pesquisadores. Cinthia também elogiou a iniciativa, que vai oferecer um “respaldo maior aos nossos protocolos diários”. “Essa iniciativa dá uma potência informativa e de prevenção muito grande”, foi o que comentou o prefeito de Belém/PA, Edmilso, vice-presidente de Cultura da FNP. “As pessoas querem ter informação”, falou.

O prefeito de Campinas/SP, Dário Saadi, vice-presidente da Saúde da FNP, parabenizou a iniciativa e reforçou importância da atuação dos governantes municipais. “Os prefeitos estão praticamente sozinhos nessa pandemia”, disse. Ele também falou sobre uma articulação da FNP com o Ministério da Saúde para pensar em estratégias de enfrentar procedimentos represados no pós-pandemia. “Diminuindo as internações e a pressão da pandemia, vamos ter que voltar os olhos para o que foi represado e, segundo o Conasems, são mais de 1 bilhão de procedimentos em todo o país”.

Sobre a campanha

Essas novas descobertas demonstram que hoje, para a transmissão, o mais perigoso são as partículas mais leves, chamadas de aerossóis. Segundo o engenheiro biomédico Vitor Mori, da Universidade de Vermont (EUA), um dos especialistas que contribuíram para a construção do material, quanto maior a proximidade, maior é a concentração de partículas potencialmente contaminadas. “Em um local fechado, às vezes, 2 metros não é o suficiente para garantir a segurança da pessoa, se o ambiente não está bem ventilado”, disse. Dessa maneira, ele reforça a importância do distanciamento, aliado à ventilação e permanência em espaços abertos e ao uso correto de máscaras, “bem ajustadas ao rosto, sem vazamento de ar e saídas laterais”.

Essas informações estão explicitadas em peças publicitárias, que podem ser editáveis, tornando a campanha regional. Acesse aqui para conhecer. Um dos idealizadores do projeto, o gestor público federa Ricardo Horta explica que a iniciativa surgiu da “necessidade de melhorar protocolos e comunicar com credibilidade melhores práticas nacionais e internacionais diante das evidências científicas disponíveis para melhor prevenção da COVID-19”.

Além do material, que é direcionado para prefeitos e população em geral, é possível encontrar, na plataforma hospedada no site CoronaCidades, uma cartilha que ajudará Agentes Comunitários de Saúde disseminarem as maneiras corretas de se prevenir. De acordo com a professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Gabriela Lotta, o fortalecimento desses profissionais é importante para ajudar a população no enfrentamento da doença, pois estão em contato cotidianamente com a comunidade. “A cartilha vai ajudar prefeitos e prefeitas a fortalecer a ação dos agentes como atores centrais no enfrentamento à pandemia”, disse.

Baixe aqui as peças da campanha

Via FNP

Conectar apoia campanha do Observatório Covid-19 BR com atualização de protocolos 

Lançamento da campanha #InformarPrevenirSalvar acontece nesta sexta-feira (2), às 10h, e divulga novas descobertas científicas sobre a prevenção da Covid-19 trazendo materiais com foco em gestores locais e agentes comunitários de saúde, entre outros públicos. Assista ao evento aqui

Com o objetivo de disseminar informações e avanços científicos importantes para o enfrentamento à COVID-19, a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp) e o Observatório COVID-19 BR lançam nesta sexta-feira (2) a campanha #InformarPrevenirSalvar. O evento será transmitido ao vivo, às 10h, no Youtube, pelo canal da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), e conta com o apoio do Consórcio Conectar. 

O evento de lançamento dos materiais com foco em gestores locais e agentes comunitários de saúde, entre outros públicos, terá a participação de membros do Consórcio Conectar, como a prefeita de Palmas/TO, Cinthia Ribeiro, e os prefeitos de Fortaleza/CE, José Sarto, de Belém/PA, Edmilson Rodrigues, e de Campinas/SP, Dário Saadi, que apresentam as medidas implementadas em suas cidades frente ao cenário atual da pandemia. Também participam do encontro a professora e pesquisadora da Fundação Getúlio Vargas, Gabriela Lotta, e Vitor Mori, pós-doutorando e pesquisador na Universidade de Vermont, além de Ricardo Horta, gestor público federal e representante da Anesp.

Com o conceito “O melhor jeito de se proteger é saber como agir”, a campanha #InformarPrevenirSalvar é fundamentada no triângulo da prevenção: máscara, distanciamento e ventilação. A partir disso, o portal da campanha traz materiais de capacitação e comunicação que podem ser utilizados tanto pela população quanto pelas prefeituras. Todas as peças são editáveis de forma a ser possível a personalização da campanha. 

Baixe aqui as peças da campanha

“Queremos oferecer apoio aos municípios nesse momento de atualização dos protocolos, facilitando ao máximo a chegada dessas informações no comércio, postos de saúde, restaurantes, parques e na casa de todos os brasileiros e brasileiras”, afirma Pedro Pontual, Presidente da Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp).

O site também oferece um guia focado em agentes comunitários de saúde. “Os agentes de saúde têm um papel importantíssimo na missão de disseminar o triângulo da prevenção por representarem um ponto de contato direto com a população. Por isso, desenvolvemos um material completo, direto e intuitivo especialmente para eles”, explica Márcia Castro, Professora da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard e membra do Observatório Covid-19 BR.

Além dos conteúdos destinados a prefeituras e agentes de saúde, a população também encontra informações sobre as vacinas, diretrizes de locais abertos e fechados, diferença de testagens, combate à fake news, curiosidades sobre os diferentes tipos de máscaras e demais novidades sobre o que a ciência já aprendeu sobre o novo coronavírus.

Apoiam a iniciativa o Instituto Alziras, Instituto Arapyaú, Vital Strategies e ImpulsoGov, além do Consórcio Conectar.

Sobre o Observatório COVID-19
Iniciativa independente, fruto da colaboração entre pesquisadores com o desejo de contribuir para a disseminação de informação de qualidade baseada em dados atualizados e análises cientificamente embasadas, e congrega cientistas de diversas áreas.
https://covid19br.github.io

Sobre a ANESP
Entidade de direito privado, com personalidade jurídica própria, apartidária, sem fins lucrativos, que congrega membros da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG), e tem como objetivo defender o aperfeiçoamento da gestão pública e da formulação, implementação e avaliação de políticas públicas.
http://anesp.org.br

Sobre o Instituto Arapyaú
Instituição privada, sem fins lucrativos, dedicada a fortalecer redes, organizações e projetos que atuam na linha de frente da promoção da sustentabilidade.
https://arapyau.org.br

Sobre o Instituto Alziras
Organização sem fins lucrativos com a missão de ampliar e fortalecer a presença de mulheres, em toda sua diversidade, na política e na gestão pública.
https://www.alziras.org.br

Sobre a Vital Strategies
Organização global que trabalha com governos e sociedade civil em mais de 70 países, incluindo o Brasil, para projetar e implementar estratégias baseadas em evidências que visam enfrentar alguns dos mais difíceis desafios mundiais para a saúde.
https://www.vitalstrategies.org/about/offices/brazil/

Sobre o ImpulsoGov
Organização sem fins lucrativos, suprapartidária, que trabalha lado a lado com estados e municípios para aprimorar a coleta e análise de dados dos serviços de saúde e, desta forma, impactar positivamente na vida da população.
https://impulsogov.org/

WhatsApp Image 2021 06 29 at 17.13.22

Vitória dos municípios: EUA atende pleito por mais vacinas contra a COVID-19 apresentado por FNP e Consórcio Conectar

Representantes do Conectar e da FNP receberam nesta sexta-feira no aeroporto de Viracopos lote de dois milhões de vacinas da Janssen, doado ao Brasil pelo país norte-americano 

Um quantitativo de dois milhões de doses da vacina contra COVID-19 produzida pela empresa farmacêutica Janssen foi doado pelos Estados Unidos ao Brasil nesta sexta-feira, 25. A doação realizada pela Casa Branca atende à demanda apresentada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e Consórcio Conectar, em articulações junto à embaixada americana nos últimos meses. Mais um milhão de doses de vacinas doadas estão com previsão de chegada para este sábado, 26. O número total de doses da vacina da Janssen destinadas ao Brasil é o quantitativo requisitado pela FNP e Conectar nos meses de março e maio de 2021 para o enfrentamento à pandemia nos municípios. A iniciativa do governo americano surge após intenso esforço diplomático promovido por prefeitas e prefeitos por mais vacinas contra a COVID-19 no cenário internacional. 

Em resposta à doação, o presidente do Consórcio Conectar, Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis/SC, e o prefeito de Campinas/SP, Dário Saadi, vice-presidente da Saúde da FNP, agradeceram presencialmente o embaixador americano Todd Chapman, no ato da chegada dos imunizantes no aeroporto de Viracopos, em Campinas/SP. “Somos gratos ao governo americano, na figura do embaixador Todd Chapman, que nos recebeu cordialmente e articulou o atendimento do nosso pleito de 3 milhões de doses da vacina”, afirmou o presidente do Conectar, prefeito Gean Loureiro. O prefeito Dário Saadi destacou a importância da doação feita pelo governo norte americano, já que, por ser aplicada em dose única, imunizará de uma só vez 3 milhões de brasileiros. “Quanto mais vacinas chegarem ao Brasil, mais iremos avançar na imunização”, afirmou. Confira o vídeo de agradecimento no ato da entrega.

Compareceram também ao ato de recebimento dos imunizantes o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz. 

O embaixador americano ainda afirmou que as articulações com os municípios terão continuidade, dado a importante parceria estratégica entre os países. “Os Estados Unidos e o Brasil tem uma longa história de cooperação. Nossa relação é estratégica e pautada por valores democráticos que produzem resultados concretos. Continuamos trabalhando no nível federal, estadual e municipal para avançar nessa aliança juntos”, destacou Todd Chapman. Confira o vídeo com o fala do embaixador americano

Os presidentes da FNP, Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracaju/SE, e do Conectar, Gean Loureiro, também assinaram um ofício conjunto em agradecimento à doação, enviado nesta quinta-feira, 24, ao presidente dos EUA, Joe Biden. “Cientes de que apenas com vacinação em massa será possível diminuir a transmissão do vírus, o número de casos, de internações e de mortes, além do imenso sofrimento da população, reforçamos o agradecimento ao atendimento do nosso pleito”, destacaram no documento.

A doação é resultado de uma agenda traçada junto às representações americanas desde o início de 2021. A primeira das articulações com os Estados Unidos para o recebimento das vacinas aconteceu no dia 26 de março, quando representantes do Conectar e da FNP estiveram na embaixada americana para  sensibilizar o órgão diplomático a respeito do cenário da pandemia no Brasil. Na ocasião, foi solicitada a doação para vacinar três milhões  de brasileiros. O pedido foi reiterado após o anúncio de doações feito pelo presidente americano. Um ofício conjunto foi enviado no dia 18 de maio ao embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, solicitando apoio e doações de vacinas para o combate à pandemia nos municípios brasileiros.

A doação direta do imunizante da Johnson & Johnson ao Brasil é a maior já realizada pelo governo dos Estados Unidos para qualquer país desde o início da pandemia.

Sobre o Conectar

O Conectar – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, é uma iniciativa inédita liderada pela Frente Nacional de Prefeitos que reúne mais de 2,5 mil cidades, que juntos representam mais de 140 milhões de pessoas em todo Brasil. Maior consórcio público do país, busca alternativas para contribuir com o Programa Nacional de Imunização fazendo com que as vacinas cheguem mais rápido às cidades brasileiras. De forma integrada, irá agilizar a compra de medicamentos e o acesso a insumos médico-hospitalares para a rede pública de saúde. O Conectar foi após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), em 23 de fevereiro de 2021, que autoriza a aquisição de imunizantes contra COVID-19 por estados e municípios. Está fundamentado na Lei nº. 11.107/2005.

Vídeo institucional - Três meses Consórcio Conectar

Vídeo institucional comemorativo marcando os três primeiros meses do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileira - Conectar.

Confira o vídeo no canal do Consórcio Conectar no Youtube.

 

X

logo vertical